Dieta > Tipos de Dietas

Com a busca por um estilo de vida mais saudável e por um corpo mais esbelto, diversas pessoas, homens e mulheres, optam por uma dieta de redução. Tipos de dietas não faltam, porém é importante, antes de iniciar um regime, que o paciente busque orientação especializada de um nutricionista a fim de evitar problemas resultantes da falta de ingestão de substâncias necessárias para o bom funcionamento do organismo.

 

A partir da análise do metabolismo, o profissional de nutrição elabora uma dieta diversificada para cada caso, que proporcionará uma melhora na qualidade de vida e, consequentemente, perda de peso.

Algumas opções de dietas são bem comuns e listaremos abaixo as mais conhecidas. Lembrando sempre que cada organismo tem um metabolismo diferenciado e por isso os resultados individuais são diferentes. Assim sendo, é necessário um acompanhamento profissional toda vez que se iniciar um regime.

- Dieta com menu fixo: É um tipo de dieta fácil de ser seguida, pois o cardápio lista todos os alimentos que se irá ingerir. O problema desse tipo de dieta é que ela não reeduca a pessoa na questão alimentar, o que facilita a recuperação do peso perdido num segundo momento.

- Plano de refeição: É um tipo de dieta que possui um número determinado de cada grupo alimentar a ser consumido. Dentro dos grupos existem alimentos com quantidades equivalentes de calorias. Assim, a pessoa não se prende a um tipo específico de alimento e tem uma maior variedade para seguir a dieta. O lado bom desse tipo de dieta é que ele ensina a pessoa a escolher os alimentos, evitando que o peso perdido seja recuperado com facilidade.

- Dietas líquidas: São compostas por fórmulas que substituem refeições. Normalmente, as fórmulas contêm quantidades balanceadas de proteínas e carboidratos, auxiliando a perda de peso no curto prazo. O problema é que a tendência em recuperar o peso perdido após o retorno à alimentação normal é grande. Dietas líquidas também não ensinam como comer de forma correta.

- Dietas da moda: Sugerem perda de peso de maneira acelerada a partir da ingestão de um determinado nutriente e devem ser evitadas. Essas dietas podem funcionar no curto prazo por possuírem poucas calorias, mas como não são balanceadas, podem ocasionar desequilíbrio no organismo e deficiências nutricionais. Este tipo de regime também facilita a recuperação do peso perdido, pois não educa os hábitos alimentares, apenas restringe o consumo calórico.

Dietas tendem a não manter seus resultados, pois reduzem bruscamente a ingestão de alimentos. A redução de calorias promove a perda de peso em curto prazo, porém a manutenção do novo peso torna-se difícil, uma vez que o paciente volta a um cardápio nada restritivo. A dieta deve ser montada com auxílio profissional para que possa ser seguida ao longo da vida sem restringir alimentos ao paciente, evitando a ineficiência da dieta no longo prazo.Quando se opta por seguir uma dieta, é sempre importante reeducar os hábitos alimentares para poder seguir a ingestão adequada de alimentos pelo resto da vida. Aprender a comer é a chave para manter a qualidade de vida e um corpo mais bonito. A dieta associada à prática de atividades físicas regulares, além de auxiliar na manutenção do peso, melhora o funcionamento e o equilíbrio do organismo.

Você necessita emagrecer?
Cadastre-se e receba informações!