Dieta > Os fitoterápicos na dieta

A utilização de fitoterápicos para combater a obesidade e sobrepeso tem sido muito comum nos dias de hoje. Mas antes de consumir tais produtos é imprescindível saber quais são suas reais funções e como eles podem auxiliar na busca por um corpo mais saudável.
 
A fitoterapia utiliza matérias-primas vegetais, sendo um modo terapêutico para criar formas farmacêuticas com plantas medicinais, como camomila, erva-doce e guaraná. 
 
Na verdade, os fitoterápicos não têm a função de emagrecimento, mas auxiliam no combate a fatores que agravam a obesidade, como a ansiedade. Com o controle emocional mais equilibrado, as compulsões alimentares são evitadas e, aliado a uma dieta balanceada, favorecem a perda de peso excedente.   
 
O controle da ansiedade proporciona não só o controle sobre o peso, mas também melhora o estilo de vida, afastando o estresse e outros problemas de âmbito emocional que tanto interferem no bom funcionamento do organismo.
 
Apesar de muito conhecidos e utilizados popularmente sem uma indicação profissional, é importante, antes de iniciar um tratamento fitoterápico, associá-lo ao acompanhamento de um especialista, a fim de evitar o consumo ineficaz. 
 
A perda de peso é resultado de um conjunto de mudanças no estilo de vida da pessoa, que deve incluir reeducação alimentar, com uma dieta balanceada e nutritiva, além da realização regular de atividades físicas. Os fitoterápicos entram como um complemento para se alcançar uma melhor qualidade de vida.
Você necessita emagrecer?
Cadastre-se e receba informações!